17/06/2024

Lauro de Freitas Informa

Notícias de Lauro de Freitas

Produtos juninos podem ser pesquisados pelo Preço da Hora Bahia

2 min read

Os melhores preços de produtos tradicionais dos festejos juninos podem ser pesquisados por meio do Preço da Hora Bahia, aplicativo do Governo do Estado, gerenciado pela Secretaria da Fazenda (Sefaz-BA), que permite a consulta de mais de 500 mil itens vendidos em estabelecimentos comerciais de todos os municípios baianos.

Na pesquisa, produtos da mesma marca podem ser encontrados com uma variedade grande de preço. Um pacote de milho de pipoca de marca específica, por exemplo, pode ter uma variação de R$ 2,23 a R$ 3,69, o que representa uma diferença de 65%. A canjica pode ser achada com valores que vão de R$ 3,50 a R$ 6,99 (diferença de 99,7%). O pacote de amendoim torrado de determinada marca pode ser encontrado com valores entre R$ 0,89 e R$ 0,99 (11,2%), e uma mistura para bolo, entre R$ 2,43 e R$ 5,99 (146,5%).

Entre as bebidas, é possível achar um licor caseiro da mesma região com preço mínimo de R$ 9,99 e máximo de R$ 14,99 (50% de diferença). Uma cerveja em lata de marca popular teve diferença na pesquisa entre R$ 2,49 e R$ 2,99 (20%).

O usuário pode ver ainda o dia e a hora em que ocorreu a venda daquele produto àquele preço, além do telefone e da rota para se chegar ao estabelecimento onde ele está à venda. Por isso, antes de sair de casa, vale a pena consultar o Preço da Hora Bahia para saber quais estabelecimentos perto de casa estão com os melhores preços.

Disponível para celulares Android e iOS, o Preço da Hora Bahia permite ao usuário fazer suas próprias listas de compras e obter as melhores cotações para elas, possibilitando assim definir produtos favoritos para facilitar a pesquisa. Além do App, a solução inclui também uma página web (precodahora.ba.gov.br), que amplia as possibilidades de navegação a partir do computador.

Sobre o app

O Preço da Hora Bahia é usado por mais de 120 mil usuários/mês, e já foi baixado mais de 650 mil vezes em smartphones de toda a Bahia. A nota média da ferramenta na Google Play Store já atingiu o pico de 4,6, considerada ótima, de acordo com as avaliações feitas pelos usuários.

A pesquisa de preços realizada pelo aplicativo pode ser feita com base nos nomes dos produtos e por marcas específicas, e considera os valores registrados nas últimas compras registradas pelo sistema de emissão da Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) e da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). Diariamente, são mais de 3,2 milhões de notas fiscais processadas pela Sefaz-Ba, com picos superiores a 4,4 milhões. Só em Salvador, são emitidas mais de 1,2 milhão notas fiscais eletrônicas todos os dias. O interior, por outro lado, responde por 68% do total de produtos comercializados no varejo.

Fonte: Ascom/Sefaz-BA

Deixe seu comentário
Compartilhe