seg. jul 6th, 2020

Lauro de Freitas Informa

Imparcialidade mostrando a verdade

Prefeitura instala barreiras sanitárias e realiza testes rápidos em Portão

 

Quem esteve ou mora em Portão passou pelas barreiras sanitárias. Uma foi instalada na entrada do bairro e outra na saída próximo ao terminal de ônibus. A estratégia, que visa achatar a curva de contaminação do novo coronavírus, levou ao bairro nesta terça (23) e quarta-feira (24) aferição de temperatura corporal em condutores de veículos e pedestres, orientações de prevenção ao contágio e testagem rápida que diagnostica a doença em menos de 15 minutos. Os bairros de Ipitanga, Vila Praiana e Aracui também estão com medidas mais rigorosas de restrição à circulação.

Pessoas que apresentaram sintomas como febre, tosse seca e perda de paladar foram testadas em um espaço da Secretaria Municipal de Saúde montado na Escola Municipal Félix Cardoso. No local, equipes do Comitê Operacional de Emergência e Saúde (COE) realizavam o exame. “A população deve se manter alerta e reforçar os cuidados de higiene e afastamento social para que haja a redução dos casos”, disse o coordenador do COE, Jean Santos.

Com apenas um furinho no dedo indicador, dona Maria Santos saiu da testagem com a sensação de alívio. “Eu me preocupo muito com essa doença porque ela mostra todos os dias que não é brincadeira. A Covid-19 já matou muitas pessoas no Brasil, na Bahia e em nossa cidade. O que eu posso fazer para me manter livre da doença eu faço. Estou sempre em casa e quando preciso sair uso máscara e não poupo meu álcool 70%”, relatou a dona de casa comemorando o resultado negativo nas mãos.

Portão registra quatro óbitos em decorrência de complicações da Covid-19. Segundo o boletim epidemiológico, o bairro é o segundo com maior número de pessoas contaminadas no município contabilizando 151 pessoas positivadas. A ação, que teve o apoio da Secretaria de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP), Guarda Municipal e Polícia Militar segue nos próximos dias para os bairros de Ipitanga. Aracui e Vila Praiana.

Por Giovanna Reyner/ PMLF

Deixe seu comentário